Tag Archives: Karatê

Freestyle: o karatê americano

karate pulo alem do tatame - Freestyle: o karatê americano

Quando estamos começando a treinar karatê e temos aquele espírito de faixa branca, louco para aprender tudo o mais rápido possível, nos aventuramos pela internet em busca de informações e ensinamentos. Acabamos encontrando diversos kata e movimentos, sem saber muitas vezes se são do nosso estilo, da nossa escola ou se estão corretos. É nesse mar de vídeos que existem no Youtube, que acabamos nos deparando com os surreais kata freestyle.

Anko Itosu, o pai do karatê moderno

kata karate alem do tatame - Anko Itosu, o pai do karatê moderno

Um dos nomes que tanto falam é Anko Itosu, um sujeito – segundo relatos – baixinho e conhecido por ter um soco extremamente potente, ser muito forte a ponte de já ter lutado com um touro e aguentar calejamentos pesados. Nasceu em 1831, no vilarejo Gibo, em Shuri, Okinawa, e se esforçou para espalhar todo o conhecimento que adquiriu treinando com tanto empenho. Foi o precursor em tornar o karatê parte da formação escolar, pois por centenas de anos a prática era feita escondida e com pessoas selecionas.

Os Três Pilares do Karatê-Do

tres pilares do karate kihon kata kumite alem do tatame - Os Três Pilares do Karatê-Do

Existe uma base para tudo o que fazemos, algo que fundamente essa prática para entendê-la e melhorá-la. No karatê, de maneira geral, possuímos três pilares que dão base para os praticantes construírem sua técnica, são eles: Kihon, Kata e Kumite. Variam de estilo para estilo, de linhagem para linhagem, mas o objetivo sempre será o mesmo e o seu treinamento deve ser constante. Nesse post, vamos compreender melhor sobre cada um dos três pilares da prática do karatê-do.

Obi – A história das faixas e graduações

obihistoriadasfaixasdekaratejudograduacao alemdotatame - Obi - A história das faixas e graduações

Sempre que você diz que pratica alguma arte marcial, uma das primeiras perguntas que fazem é: “Qual a sua faixa?”. O pedaço de tecido que no início era apenas um acessório para manter o keiko-gi fechado, ganhou uma enorme importância através do tempo. Uma das teorias conta que em 1883, Jigoro Kano, o educador e fundador do judô Kodokan (e o mesmo criador e difusor do uso do keiko-gi) resolveu separar seus alunos em dois grupos: os que treinavam há mais tempo e tinham um bom nível técnico, os yudanshas (os graduados), e os novatos, que tinham iniciado recentemente o treino, os mudanshas.

II Enbukai de Okinawa Karate-do e Kobudo

enbukai alemdotatame - II Enbukai de Okinawa Karate-do e Kobudo

Foto: Ariane Santos Enbukai (演武会), traduzindo literalmente do seu kanji é “Encontro de performances de Artes Marciais”, na qual várias escolas e estilos de karatê (há outras artes marciais que também fazem enbukai como o aikido e o kendo) fazem apresentações de suas técnicas e aprendizagem. Para um leigo, pode ser a forma das escolas chamarem atenção e conseguir mais …

Outubro Rosa: A História de Ana Carolina

AnaCarolinaKaratC3AA7 OutubroRosa AlC3A9mdoTatame - Outubro Rosa: A História de Ana Carolina

O corpo sempre foi visto como algo fascinante e ao mesmo tempo como um tabu. Isso fica mais evidente no corpo feminino, no qual muitas mulheres não se conhecem por questões culturais e sociais. O movimento do Outubro Rosa, nasceu em 1990 com o objetivo de disseminar informações e conscientização para que houvesse um diagnóstico precoce e assim salvar dezenas de vidas. Recentemente, acabei conhecendo pelo instagram a história de vida de Ana Carolina, de 32 anos, que em outubro de 2016 acabou sendo diagnosticada com câncer de mama.

Makiwara

makiwara alemdotatame - Makiwara

As artes marciais trazem muitos benefícios para os praticantes como o aprendizado, a disciplina, a filosofia e também as técnicas de combate, defesa pessoal e competição desportiva. Além disso há também os aspectos culturais, relacionados ao país onde a arte nasceu ou se desenvolveu, como é o caso de Okinawa, Japão. A palavra Makiwara é bem conhecida pelos praticantes de …

Karate City – Treino Itinerante

karatecity alemdotatame - Karate City - Treino Itinerante

Nascido da ideia de tornar a prática do karatê-do cada vez mais comum aos olhos das pessoas, o Sensei Atila Ramos da Silva decidiu criar em conjunto com alguns amigos e demais praticantes o “Karatê City – Treino Itinerante”. Essa proposta surgiu na reta final das votações para a entrada do karatê nas Olimpíadas, com o objetivo de reunir o máximo de praticantes de karatê em um local público como: praças, parques ou avenidas que aos finais de semana se tornam abertos a prática de atividade física.