II Enbukai de Okinawa Karate-do e Kobudo

enbukai alemdotatame - II Enbukai de Okinawa Karate-do e Kobudo

Foto: Ariane Santos

Enbukai (演武会), traduzindo literalmente do seu kanji é “Encontro de performances de Artes Marciais”, na qual várias escolas e estilos de karatê (há outras artes marciais que também fazem enbukai como o aikido e o kendo) fazem apresentações de suas técnicas e aprendizagem.

Para um leigo, pode ser a forma das escolas chamarem atenção e conseguir mais alunos ou até uma forma egocêntrica de conseguir aplausos do público. Porém, o significado do enbukai é muito maior. Os participantes precisam controlar as emoções diante do público (um público constituído por vários sensei, faixas pretas e alunos) e apresentar o melhor de sua técnica com muito kime. A união do dojo é muito importante para mostrar companheirismo e sincronia nos movimentos.

 

Apresentação de karatê no enbukai. Vários karatekas fazem kihon juntos. Foto: Ariane Santos

No II Enbukai de Okinawa Karate-Dô e Kobudô, que aconteceu no dia 22 de Outubro, na Associação Okinawa Kenjin do Brasil, contou com a participação de dez escolas tradicionais e com o Sensei Flavio Vicente de Souza como Presidente da Comissão Organizadora: Associação Ryubu Bujitsu Kyokai Karate-Do Goju-Ryu (Mestre Yasunori Yonamine / Hanshi 10º Dan), Okinawa Karate-Do Goju-Ryu Shobukan Tradicional (Mestre Morihiro Yamauchi / Hanshi 9º Dan), Associação Karate Okinawa Goju-Ryu Seibukan do Brasil (Mestre Morimasa Yamuchi / Hanshi 9º Dan), União Ken In Kan Goju-Ryu de Karate (Sensei Pedro Hidekasu Oshiro / Kyoshi 8º Dan), Associação Shorin-Ryu Karate-Do e Kobudo Seitokan do Brasil (Sensei Walter Martins De Menezes / Kyoshi 8º Dan), Associação Okinawa Shorin-ryu Karate-do Jyureikan e Kobudo Jinbukai do Brasil (Sensei Flavio Vicente de Souza / Kyoshi 7º Dan), Associação Karate-Do Goju-Ryu Seigokan do Brasil (Sensei Roberto Takeshi Fukuchi / Kyoshi 7º Dan), Associação Okinawa Shorin-Ryu Karate-Do Kobudo Shobukan do Brasil (Sensei Mario Nakati / Kyoshi 7º Dan), Associação Okinawa Shorin-Ryu Karate-Do Shidokan do Brasil (Sensei Osmar Teixeira Vieira / Kyoshi 8º Dan, representando o sensei Marcelo Yonamine). Também contou-se com a presença do Mestre Carlos Zalazar da Seitokan Argentina e o Mestre Santiago Sacaba da Seitokan Internacional.

Depois da apresentação das autoridades e dos sensei presentes, todas as escolas se reuniram e fizeram junto o seiken chudan (soco central) e o age uke (defesa superior) para mostrar a união de todas as escolas. Foram apresentações incríveis, nas quais todos mostraram sua força e técnica. A sensação de apresentar para o público é indescritível, principalmente por ser algo que você gosta tanto. Entre a correria entre uma apresentação a outra (nosso grupo apresentou karatê, kobudo e bunomai) era muito gratificante ser bem recebido por todos. Também foi o momento de os participantes conhecerem outras escolas e estilos para haver um intercâmbio cultural e troca de conhecimento.

 

Apresentação de kobudo Sensei Flavio Vicente com a foice (kama) no II Enbukai
Sensei Flavio Vicente de Souza (Kyoshi, 7º dan de Karatê Shorin-ryu Jyureikan e Renshi, 5º dan de Kobudo Jinbukai) apresentou o kata de kama, Sekijyu Kama no Te                           Foto: Ariane Santos

 

Para mostrar a força da cultura de Okinawa, tiveram apresentações de odori, danças típicas do Saito Satoru Ryubu Dojo e dos taikos do grupo Requios Gueino Doukokai, da sensei Hatsue Omine.

Apresentação de bunomai no II EnbukaiFoto: Felipe Tamashiro

O Enbukai também é o momento de vermos nossa técnica de outra forma e corrigi-la. Como disse nosso sensei: “Elogiaram nossa apresentação. Parabéns! Mas não fiquem achando que vocês estão bons, precisam treinar mais!”. E é esse o caminho do Budo, nunca parar, melhorar e treinar sempre.

Apresentação do kata e bunkai do Fukyugata Daichi com Wellington e Jonas Amaral da Shorin-ryu Jyureikan

Apresentação de Bunomai