Freestyle: o karatê americano

karate pulo alem do tatame - Freestyle: o karatê americano

Quando estamos começando a treinar karatê e temos aquele espírito de faixa branca, louco para aprender tudo o mais rápido possível, nos aventuramos pela internet em busca de informações e ensinamentos. Acabamos encontrando diversos kata e movimentos, sem saber muitas vezes se são do nosso estilo, da nossa escola ou se estão corretos. É nesse mar de vídeos que existem no Youtube, que acabamos nos deparando com os surreais kata freestyle.

Anko Itosu, o pai do karatê moderno

kata karate alem do tatame - Anko Itosu, o pai do karatê moderno

Um dos nomes que tanto falam é Anko Itosu, um sujeito – segundo relatos – baixinho e conhecido por ter um soco extremamente potente, ser muito forte a ponte de já ter lutado com um touro e aguentar calejamentos pesados. Nasceu em 1831, no vilarejo Gibo, em Shuri, Okinawa, e se esforçou para espalhar todo o conhecimento que adquiriu treinando com tanto empenho. Foi o precursor em tornar o karatê parte da formação escolar, pois por centenas de anos a prática era feita escondida e com pessoas selecionas.

Os Três Pilares do Karatê-Do

tres pilares do karate kihon kata kumite alem do tatame - Os Três Pilares do Karatê-Do

Existe uma base para tudo o que fazemos, algo que fundamente essa prática para entendê-la e melhorá-la. No karatê, de maneira geral, possuímos três pilares que dão base para os praticantes construírem sua técnica, são eles: Kihon, Kata e Kumite. Variam de estilo para estilo, de linhagem para linhagem, mas o objetivo sempre será o mesmo e o seu treinamento deve ser constante. Nesse post, vamos compreender melhor sobre cada um dos três pilares da prática do karatê-do.

Hi Pokee – A delícia havaiana

HiPokeecomidahavaiana3 alemdotatame - Hi Pokee - A delícia havaiana

Para quem gosta de comida japonesa, será uma gostosa experiência experimentar os pokes havaianos que invadiram São Paulo. Servido em sua terra natal como um aperitivo, em terras brasileiras o prato se tornou uma refeição completa com diversas variações, na qual pode escolher arroz branco, arroz integral, espaguete de legumes, frutos do mar, frango, verduras, tofu, shimeji e outros complementos e condimentos. Poke em havaiano significa “cortar”, por isso os ingredientes são bem cortadinhos para facilitar o uso dos hashis.

Obi – A história das faixas e graduações

obihistoriadasfaixasdekaratejudograduacao alemdotatame - Obi - A história das faixas e graduações

Sempre que você diz que pratica alguma arte marcial, uma das primeiras perguntas que fazem é: “Qual a sua faixa?”. O pedaço de tecido que no início era apenas um acessório para manter o keiko-gi fechado, ganhou uma enorme importância através do tempo. Uma das teorias conta que em 1883, Jigoro Kano, o educador e fundador do judô Kodokan (e o mesmo criador e difusor do uso do keiko-gi) resolveu separar seus alunos em dois grupos: os que treinavam há mais tempo e tinham um bom nível técnico, os yudanshas (os graduados), e os novatos, que tinham iniciado recentemente o treino, os mudanshas.

II Enbukai de Okinawa Karate-do e Kobudo

enbukai alemdotatame - II Enbukai de Okinawa Karate-do e Kobudo

Foto: Ariane Santos Enbukai (演武会), traduzindo literalmente do seu kanji é “Encontro de performances de Artes Marciais”, na qual várias escolas e estilos de karatê (há outras artes marciais que também fazem enbukai como o aikido e o kendo) fazem apresentações de suas técnicas e aprendizagem. Para um leigo, pode ser a forma das escolas chamarem atenção e conseguir mais …

Outubro Rosa: A História de Ana Carolina

AnaCarolinaKaratC3AA7 OutubroRosa AlC3A9mdoTatame - Outubro Rosa: A História de Ana Carolina

O corpo sempre foi visto como algo fascinante e ao mesmo tempo como um tabu. Isso fica mais evidente no corpo feminino, no qual muitas mulheres não se conhecem por questões culturais e sociais. O movimento do Outubro Rosa, nasceu em 1990 com o objetivo de disseminar informações e conscientização para que houvesse um diagnóstico precoce e assim salvar dezenas de vidas. Recentemente, acabei conhecendo pelo instagram a história de vida de Ana Carolina, de 32 anos, que em outubro de 2016 acabou sendo diagnosticada com câncer de mama.